segunda-feira, 3 de julho de 2017

Sued
Suave expressão de doçura,
Uma síntese do que há de mais belo.
És o sol da minha vida,
Deusa que tanto venero!

Depois vem a solidão,
Esperança que em mim sempre vive,
Uma sombra perdida na distância...

Saudades do que nunca tive!

Nenhum comentário:

Postar um comentário